[Resenha] O Ladrão de Raios #1

15:13

Título: Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios - Livro1
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca

Sinopse:
"Os deuses do Olimpo continuam vivos, em pleno século XXI! Eles ainda se apaixonam por mortais e têm filhos que podem se tornar grandes heróis, mas que acabam, na maioria das vezes, encontrando destinos terríveis nas garras de monstros sem coração. Apenas alguns descobrem sua identidade e conseguem chegar à Colina Meio-Sangue, um acampamento de verão em Long Island dedicado ao treinamento de jovens semideuses. Essa é a revelação que leva Percy Jackson a uma incrível busca para ajudar seu verdadeiro pai - o deus dos mares! -, a evitar uma guerra no Olimpo. Com a ajuda do sátiro Grover e de Annabeth, Percy cruza os Estados Unidos para capturar o ladrão que roubou o raio mestre de Zeus."

Oi, meus amores. Tudo bom?

Esse livro é MUITO conhecido. E eu amo. Faz o meu estilo. A história é envolvente e cada vez mais surpreendente. Minha experiência com a saga Percy Jackson e os Olimpianos é meio louca. O primeiro livro da saga que li foi o último (O Último Olimpiano). Depois ganhei o primeiro (que é esse da resenha), depois comprei na bienal do Rio 2013, o terceiro e o quarto (A Maldição do Titã e A Batalha do Labirinto), e por último o segundo (O Mar de Monstros). Loucura né?! Mas porque isso, criatura?! Não sei, de verdade.



Não foi de um todo ruim ler a saga assim. Achei até legal. Porque eu ficava cada vez mais curiosa para saber como tinha acontecido o que eu já tinha lido, toda a história e tudo o que deu início para aquilo.
Eu já assisti a adaptação para o cinema de O Ladrão de Raios e O Mar de Monstros. Não gostei muito. Achei meio bobo. Talvez para alguns o livro também seja, mas cada um com seu cada um, eu acho os livros ótimos.



As capas são incríveis. Uma mais linda que a outra e as cores mudam a cada livro. Me refiro as capas da coleção que eu tenho, porque já foi lançada uma nova edição e as capas são ainda mais incríveis, elas se completam, entende?! Já resenhei um livro do Rick aqui no blog, A Pirâmide Vermelha, da saga As Crônicas dos Kane, e volto a dizer, a escrita dele é maravilhosa, viciante.
O livro é narrado em primeira pessoa (amo, pois me sinto mais próxima da história e de quem esta narrando-a) pelo personagem principal, Percy Jackson, um jovem de 12 anos e era disléxico. Ele não conhecia seu pai, e sua mãe também não falava muito a respeito. Ele vivia trocando de escola devido a problemas que tinha. Um dia acontece uma coisa estranha e ele começa a pensar sua vida como se tivesse algo que ele não soubesse, como se estivessem escondendo alguma coisa dele. E aí ele descobre que seu pai é um deus, Poseidon, e ele é um meio sangue (filho de uma humana com um deus).



No livro ele diz que ser assim (meio sangue) é uma coisa perigosa, e com isso ele teve de ir viver em um acampamento, chamado Acampamento Meio Sangue. Lá ele descobre que existem diversos jovens como ele.

Esse livro fala especificamente que o raio de Zeus foi roubado e em determinado momento Percy é acusado por tê-lo roubado. Sendo assim, ele teve que resolver o mistério do roubo  e tenta encontrá-lo para provar sua inocência.
O autor faz muita referência a mitologia greco-romana, explica de maneira muito inteligente sobre vários deuses e histórias antigas, o que eu acho que acaba chamando muito a atenção do leitor, pelo menos foi assim comigo.



Uma coisa também que eu não sei, se eu estiver errada, alguém por favor me corrija. Segundo algumas histórias relacionadas a mitologia grega que eu já li, Perceu ou Percy, era filho de Zeus, não de Poseidon. Estou na dúvida, se alguém souber a história verdadeira me diga, rs.


Espero que tenham gostado, pessoal. Até a próxima! Beijo beijo ;*

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Muito bom o livro e a resenha dá vontade de ler de novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, ele é maravilhoso! Leio várias vezes e não me canso.
      Beijão

      Excluir

Quero ler

Estou lendo