[Resenha] Uma Prova de Amor

11:33

Título: Uma Prova de Amor 
Autor(a): Emily Giffin 
Editora: Novo Conceito 

Sinopse:
"Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois... os filhos. Não é assim? Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe, e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben. O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e — assim como Claudia — também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos? Uma Prova de Vmor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor."

Oi, geente! Tudo bom? 

Esse foi o romance mais fofinho que eu já li. É uma história meio água com açúcar, mas é bem estruturada fazendo com que o leitor se prenda cada vez mais a ela. O livro é bem envolvente. Eu praticamente o devorei. São quase 500 páginas e eu li em uns 2 dias. A história é muito bacana, previsível, mas bacana. Eu sei que eu sempre digo que gosto de ser surpreendida, mas a história é tão linda que acho que teve o final que mereceu ter. A capa é uma graça, toda rosinha, delicadinha, com um casal no banquinho, muito amor, não é?! E as páginas são amareladinhas, do jeitinho que a maioria dos leitores gostam. 



O romance é narrado em primeira pessoa pela personagem principal, Cláudia Parr. Ela era uma editora e vivia em Manhattan com sua melhor amiga, Jess. Cláudia desde pequena dizia que não tinha vontade de ter filhos. Ela tinha planos para uma vida profissional brilhante e acredita que crianças poderiam atrapalhar isso. Desde seu primeiro namoro ela sentiu o back de sua decisão para seu futuro e até mesmo desistiu de encontrar seu amor, já que ninguém estava disposto a abrir mão da vontade de ter filhos para ficar com ela. 
Seus namorados a abandonavam por isso. Até que um dia ela conheceu o Ben. Ah, o Ben (suspiros). Eles foram apresentados em um encontro com um casal de amigos, Annie e Raymond. Cláudia já conhecia Annie desde a faculdade, e Raymond, era amigo de Ben. Desde o primeiro encontro os dois já se deram bem por partilharem de uma mesma opinião, não ter filhos. 
Depois disso, Claúdia e Ben começam a se encontrar constantemente e dão início a um lindo relacionamento de amor, confiança e cumplicidade. Eles começaram a namorar, depois de um tempo se casaram. Nada podia abalar esse amor. Até que um dia, um dos dois mudam de ideia em relação a ter filhos, e esse agora quer ter filhos. E aí? O que será desse casamento agora?



Eu gostei demais desse livro pelas lições que eles passa. Eu gosto muito disso em livros. Acho que a cada livro que leio, eu me renovo positivamente como pessoa. E nessa história, pessoas abrem mão de coisas que queriam muito por amar as outras. Olha que bonito! Estamos precisando disso no mundo. Para que todos sejam felizes, precisamos abrir mão de algumas coisas, não podemos ter tudo o que queremos. E essa foi a lição que eu tirei do livro para a minha vida.
Super recomendo a história. Mesmo para quem não curte romance. Acho que vale a pena a experiência.
Ah, gente. No final do livro tem dois capítulos de outro livro da autora, para quem se interessar. Eu ainda não li, mas parece ser bom também.


Por hoje é só pessoal, espero que tenham gostado. Até a próxima resenha.
Beijo beijo ;*

Você pode gostar também

0 comentários

Quero ler

Estou lendo