[Resenha] O Teste #1 | Joelle Charbonneau

23:27

Título: O Teste - Livro 1  
Autor: Joelle Charbonneau 
Gênero: Ficção 
Editora: Única *Cortesia 
Páginas: 320 

Sinopse:

"No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?"
Nossa, esperei muito para ler este livro. Gosto muito de Jogos Vorazes, e ouvi boatos de que era parecido. E realmente, em alguns momentos me lembrou bastante a famosa distopia, porém, achei O Teste muito mais surpreendente.
Não querendo comparar, mas já comparando, em Jogos Vorazes os jovens vão para a capital sabendo pelo o que eles vão passar, já em O Teste, não. 
Achei que o livro trás uma carga de tensão muito grande, mas gostei disso, não me decepcionei com o fim que a autora deu ao primeiro volume, e estou MUITO curiosa para ler o próximo. A narrativa foi muito bem construída ao longo de cada página e embora a maior parte do livro tenha ocorrido em um mesmo cenário, em momento algum a leitura se tornou massante.
A capa é linda, e representa o símbolo dado a personagem principal na trama. Cada um dos selecionados para o Teste recebeu um. 
Gostei muito da passagem de um capítulo para o outro. Cada um trazia uma nova surpresa, um novo mistério, fazendo com que o leitor não pare mais de ler.



O livro é narrado aos olhos da personagem principal, Malencia Vale, mais conhecida como Cia. Na história, a sociedade foi dividida em 18 colônias. Malencia vivia na colônia Cinco Lagos, a menor de todas elas, com seu pai, sua mãe e irmãos.
No dia de sua formatura, ela aguardava ansiosamente para ser uma das convocadas de sua colônia para participar do Teste. Ela estudou bastante para conseguir uma vaga entre os escolhidos. Já haviam muitos anos que ninguém de sua colônia era chamado. 
Como Cia sonhara, sua hora chegou. Ela e mais 3 jovens de sua colônia foram convocados para participar do Teste. Não ocorreu durante a formatura, da maneira que ela esperava, mas conseguir entrar, era o que importava.
Depois da série de guerras que o país passou e com a destruição de muitas áreas dele, o governo criou esses testes para descobrir o potencial de verdadeiros jovens que pudessem ter a capacidade de liderança. Quando os jovens de cada colônia eram selecionados, os oficiais os levavam para a capital, Tosu City, para fazer os testes e apenas alguns dos jovens, logo após concluirem todas as etapas de provas, seriam encaminhados para a universidade e se tornarem grandes líderes.
Partindo para a capital, havia uma grande chance de que os candidatos nunca mais voltassem para sua colônia de origem, inclusive, correr o risco de nunca mais ver seus familiares. Uma coisa deixava o pai de Cia preocupado, mas não era apenas o fato de talvez nunca mais ver sua filha. Ele também havia participado do Teste, e quando saiu o resultado de que ela também foi selecionada, ao invés dele demonstrar alegria pela grande conquista de sua filha, demonstrou uma enorme preocupação. Ele a alertou de alguns sonhos que tem desde que o Teste terminou e acredita veemente que os candidatos não estão sujeitos apenas a fazerem simples provas escritas, mas suas vidas correm risco.
"Conheço essa sala. Paredes brancas. Chão branco. Mesas pretas. Esta é a sala do Teste do pesadelo do meu pai."
A personalidade de cada personagem foi muito bem construída. Não só a da personagem principal, mas também de alguns personagens secundários, como Tomas, por exemplo, um rapaz que também era da colônia Cinco lagos, com quem Cia acaba se envolvendo durante a trama.
"Meus olhos se abrem e eu levanto a cabeça e olho ao redor do interior pouco iluminado do celeiro. Nada. Pelo menos nada que eu possa ver. O som ofegante está próximo. Fecho meus olhos para localizar o som. Está vindo de trás de mim."
Achei a distopia fenomenal. Não imaginei que a personagem principal passaria por tanta coisa que ele passou durante o decorrer da história.
Recomendo para todos que adoram uma boa aventura, histórias que forçam ao máximo nossa imaginação e uma grande dose de tensão. 

Espero que tenham gostado da resenha, gente. Me desculpem pela resolução das fotos, tive um probleminha com minha câmera, mas logo logo irei resolvê-lo. 
Enfim, já leram O Teste ? Tem vontade de ler ? Não deixem de me contar o que acharam.
Beijinhos :*

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Olha o livro parece ser bastante legal e daqueles em que você olha pra capa e já fica paralisado e o fato dele ser parecido com jogos vorazes me da mais vontade ainda de ler meus parabéns pela resenha ;)
    Abraços!!!

    http://www.pedrosanttos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, Pedro! Ele é ótimo! Acredito que faça bem o seu perfil como leitor.
      Beijinhos

      Excluir

Quero ler

Estou lendo