[Resenha] Só Mais Um Espetáculo | Beatriz Gandolfi

17:10


Título: Só Mais Um Espetáculo 
Autor: Beatriz Gandolfi 
Gênero: Romance 
Editora: Chiado *Cortesia
Páginas: 286

Sinopse:
"Connie Mereditch vive uma vida normal, estuda em um típico colégio americano e tem uma ou duas pessoas que pode chamar de 'amigos'. Mora com sua mãe, seus avós, sua irmã mais nova, por parte de mãe, e sua tia; mas nunca teve um pai. Quando se conforma com tal coisa, tudo dá um giro de 360º em sua vida e ela deverá aprender que nem tudo é como planejamos e imaginamos, mas que quando a nossa rotina é abalada, os resultados podem ser melhores do que acreditamos poderem ser."
Que capa é essa, gente??! Logo assim que vi me apaixonei. Eu gosto de ballet, acho a dança belíssima e cheguei até fazer alguns meses de aula quando tinha uns 5 anos de idade, mas acabei desistindo, não sei bem o porquê, mas parei.
Além da ilustração da capa, a imagem que dava início a um novo capítulo também é lindíssima!


O livro conta a história de Connie Mereditch, uma jovem de 16 anos que vivia com sua mãe, sua irmã mais nova, duas tias e seus avós em Roseville, uma cidadezinha ao norte dos Estados Unidos.
A jovem Connie cresceu sem a presença do pai, que abandonou ela, ainda bebê, e sua mãe. Ele teve medo de perder sua esposa e não ter capacidade de criar sua filha sozinho, sem ela, deixando que a pequena Connie fosse criada pelos parentes maternos. Como nada aconteceu a Theresa, mãe de Connie, após se recuperar só restou mágoa e tristeza em seu coração.
Connie sofreu muito por ter sido criada com a ausência do pai, sendo assim, não queria jamais vê-lo em sua frente. Jamais o perdoaria pelo o que fez com ela.
A Jovem Connie era uma garota normal, inteligente, possuidora de longos cabelos vermelhos e encaracolados. Não era popular, mas tinha seus amigos de verdade que poderia contar a qualquer momento. Estudava em uma escola muito boa graças a bolsa que ganhou ao demonstrar grande habilidade em ballet.
"Connie acreditava, cada vez com mais fervor, que seu arco-íris estava mais próximo do que sempre sonhara."
Por se destacar das demais garotas durante as aulas de dança e por tirar boas notas, Connie teve a oportunidade de ser escolhida para se apresentar com um papel privilegiado em um grande evento de final de ano em sua escola, onde haveriam, além de pais de alunos, amigos e família, olheiros das mais famosas universidades, assistindo ao espetáculo.


O livro aborda diversos temas como: abandono paterno, primeiro amor, conquistas pessoais, perdão e amizade verdadeira. 
Apesar de ter gostado do livro, confesso que me decepcionei um pouco com o final. Acredito que a história poderia ser melhor elaborada. O livro seguia um ritmo gostoso, sem repetições e com capítulos de longe massantes, mas nos últimos capítulos achei a narrativa muito corrida, como se houvesse pressa de terminar a história, e senti como se algumas partes fossem simplesmente atropeladas. Embora a autora tenha escolhido um fim bacana para certos personagens, não tive tempo de me envolver nem sentir emoção alguma.
A revisão pecou em vários momentos no decorrer do livro. Encontrei alguns errinhos de ortografia e não consegui identificar em vários momentos se o livro era narrado por algum personagem (em primeira pessoa) ou em terceira pessoa, pois de um instante a outro, mudava o rumo da narração e a voz da narrativa passava a ser outra.


A história em si foi boa, apesar dos pesares, e recomendo para meninas que gostem da dança e queiram ficar por dentro de alguns clássicos, como os citados durante a história. O livro trata do tema com muita delicadeza.

Espero que tenham gostado, pessoal. Até a próxima!!
Beijinhos :*

Você pode gostar também

12 comentários

  1. Mais uma ótima resenha. São de blogueiras sinceras assim que gostamos de ver as opiniões. Sem puxação de saco, omitindo os erros. Se a escrita está boa, comenta, se está com erros, também comenta. Parabéns por mais essa resenha. Que o sucesso do seu blog ascenda cada vez mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wesley! Os erros de gramática foram mais pelo livro ser comercializado também em Portugal e ter que ficar compreensível para ambas nacionalidades! Mas como a revisão foi feita por nós mesmos e não pela editora talvez tenha ficado algum errinho sim; e eu também adorei a resenha por ser sincera! É de pessoas assim que precisamos! 😉

      Excluir
    2. Oi Wesley, tudo bem? É a Bia, escritora do livro hahaha Também adorei a resenha super sincera, são de pessoas assim que precisamos? Afinal, como evoluir e melhorar sem as críticas que elas nos dão? Usarei as dicas da Mari para melhorar no meu próximo livro, com certeza! Só queria dizer que alguns errinhos, principalmente de gramática, se derem ao fato do livro também ser comercializado em Portugal e ter sido editado lá, então teve que ficar "compreensível" para ambos; mas ficou à nosso encargo, e não da editora, a revisão de texto - eles não se responsabilizaram por isso, só pela "compreensão" dos portugueses, então pode ter sim ficado algum errinho ;) Agradeço você ter lido a resenha, e se vier a ler o livro espero que goste! Beijos

      Excluir
    3. Oi, Wesley!!! Fico muito muito muito feliz que tenha gostado da resenha! Significa muito para mim! Obrigada pelo carinho de sempre!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Gostei da resenha, parece ser uma história boa, apesar do final ser um pouco decepcionante.
    A capa também é bem bonita.

    Beijos:*
    http://escritasnachuva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, tudo bem? Sou a Bia, autora do livro hahaha Obrigada pelo elogio sobre a capa! Eu também a amei muito, especialmente quando tive o livro em mãos! E sei que sou suspeita, mas gostei muito do final heheh Espero que, se você vier a ler o livro, você goste da história e leitura! E obrigada pelos elogios :) Beijos

      Excluir
    2. Oiii, Dani!!! Muito obrigada! Fico muito feliz em saber que gostou da resenha. A história me agradou, até mesmo o fim, só me senti decepcionada por ter sido muito corrido. Esperava algo a mais, entende?!
      Beijinhos, linda

      Excluir

  3. Oi Mari, tudo bem?
    Eu sou a Bia, autora do livro hahaha Fico feliz que você tenha se apaixonado pela capa tanto quanto eu, adorei quando vi o resultado final de todo meu trabalho em minhas mãos, especialmente a capa que tomei tanto cuidado e me apaixonei por! Obrigada pela resenha maravilhosa, com certeza usarei suas dicas para o próximo livro 😄 Só devo comentar sobre os "errinhos" de gramática que se deram pela editora ser portuguesa e o livro ser comercializado em Portugal também, então em conjunto com a editora tive que encontrar um modo que ficasse no mínimo "compreensível" para ambos nativos! E a narração é mesclada mesmo, diferente, não?
    Mais uma vez agradeço-lhe de coração a resenha feita, significa muito para mim, com apenas 15 anos, ter a resenha de meu livro feita por uma pessoa que admiro tanto como você!
    Beijos e que seu sucesso aumente cada vez mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bia! Tudo ótimo e você, lindona?
      Eu compreendo e estou a par de tudo o que você me explicou. É que como o que citei na resenha me incomodou, precisei expor aqui. Como eu disse, gostei muito da história, apesar de achar que o fim foi um pouco atropelado.
      Vejo grande potencial em você, e creio que seu trabalho só tende a melhorar. Na sua idade (talvez até mesmo hoje, rs) eu não seja capaz de construir uma trama como a que você construiu.
      Espero pelos seus próximos livros!
      Beijinhos e muito sucesso para você também.

      Excluir

  4. Oi Mari, tudo bem?
    Eu sou a Bia, autora do livro hahaha Fico feliz que você tenha se apaixonado pela capa tanto quanto eu, adorei quando vi o resultado final de todo meu trabalho em minhas mãos, especialmente a capa que tomei tanto cuidado e me apaixonei por! Obrigada pela resenha maravilhosa, com certeza usarei suas dicas para o próximo livro 😄 Só devo comentar sobre os "errinhos" de gramática que se deram pela editora ser portuguesa e o livro ser comercializado em Portugal também, então em conjunto com a editora tive que encontrar um modo que ficasse no mínimo "compreensível" para ambos nativos! E a narração é mesclada mesmo, diferente, não?
    Mais uma vez agradeço-lhe de coração a resenha feita, significa muito para mim, com apenas 15 anos, ter a resenha de meu livro feita por uma pessoa que admiro tanto como você!
    Beijos e que seu sucesso aumente cada vez mais!

    ResponderExcluir
  5. Oi Mariana, que capa linda! Apesar de boiar completamente no assunto dança, acho o ballet muito bonito, elegante e phyno. Achei ótimo a sua sinceridade, isso é algo que me empolga a acompanhar blogs resenhas. Apesar de ter gostado da capa, não acho que me empolgo pra ler esse livro, me parece meio clichê/infanto juvenil, mas adorei a resenha.
    Abraços!
    www.rascunhocomcafe.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito contente em ler seu comentário, Lara. É muito importante para mim agradar meus leitores, seja em uma resenha positiva ou negativa.
      Volte sempre!
      Beijinhos ;*

      Excluir

Quero ler

Estou lendo