[Resenha/Primeiras Impressões] Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor | Sarah Butler

11:40

Oi, gente! Tudo bem?

Hoje vim falar um pouquinho para vocês sobre uma prévia que recebi do livro Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor, que será lançado no próximo mês pela Editora Novo Conceito.

Sinopse:
"Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?"
A princípio, ele fala de duas pessoas desconhecidas e vidas completamente diferentes, que por passarem por muitas coisas no decorrer da mesma, tem em comum o costume de listar dez coisas que as deixam felizes ou tristes, seja sobre outras pessoas ou sobre elas mesmas.
Uma delas é Alice, uma mulher que se sente deslocada em sua família e por isso viaja para vários lugares sozinha em busca de se encontrar no mundo. Ela perdeu sua mãe em um grave acidente de carro quando era apenas uma criança e por conta disso não se lembrava muito dela.
Agora seu pai estava acamado com câncer. Ela se sentia muito culpada por não ter passado tanto tempo ao lado do dele, por conta das viagens que fazia por aí.
Do outro lado da história está Daniel, um mendingo que caminha pelas ruas de Londres pensando em uma filha que não teve a oportunidade de conhecer.
O livro é narrado em primeira pessoa por Alice e Daniel, e a divisão entre uma narração e outra foi feita por capítulos.
Mesmo que tenham sido liberadas poucas páginas para a leitura, fiquei com uma incógnita vagando pela minha cabeça. Estou muito curiosa para continuar a leitura. 
Pelo que pude ver, a escrita da autora é bem envolvente e poética. Sendo assim, com certeza vocês ainda verão uma resenha completa desse livro por aqui.
Na vibe do lançamento desse amorzinho, selecionei também dez coisas que aprendi sobre o amor até o momento. Confiram:
  1. Se for verdadeiro, é único.
  2. É sorrateiro.
  3. O amor não é cego, mas cega.
  4. O amor rejuvenesce. 
  5. É o sentimento mais bonito do mundo.
  6. É acolhedor.
  7. É a melhor coisa que existe;
  8. Mas pode se tornar a pior.
  9. É lindo.
  10. Acima de tudo, é um sentimento intenso, verdadeiro e que nunca acaba.
Espero que tenham gostado! 
Beijinhos

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Olá Mari como está?
    Só pela capa o livro já me conquisto kk, ele me parece que vai ser uma bela história e pra falar a verdade to muito ansioso pra ler, além do mistério que são as coisas que me fascinam em um livro!
    Abraços!!!

    Passa lá no blog e confere as novidades :D

    www.pedrosanttos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pedro. Estou ótima e você?
      Também me apaixonei pela história e pela capa! Não vejo a hora de continuar a leitura!
      Beijinhos

      Excluir

Quero ler

Estou lendo