[Resenha] Em Busca do Lótus de Gelo #1 | Renan Pelizari da Silva

12:40

Título: Em Busca do Lótus de Gelo
Autor: Renan Pelizari
Gênero: Ficção 
Editora: Chiado *Cortesia
Páginas: 218
Sinopse:
"David e seu irmão Ryan descobrem que Refúgium não é como eles realmente imaginavam, e se vêem em uma difícil decisão: ficar na mansão Morgan ou fugir e enfrentar o mundo atrás do Lótus de Gelo. O destino está em suas mãos, e o peso da responsabilidade é extremamente grande. O que os aguardará do lado de fora dos muros da mansão? Monstros, bruxos das trevas, amigos, amores? Serão eles capazes de vencer, ou o medo prevalecerá? "
Em Busca do Lótus de Gelo é o primeiro livro de uma série narrado em terceira pessoa, e conta a história dos irmãos bruxos David e Ryan Morgan. 
Eles eram filhos Sr. e Sra. Morgan, uma das famílias mais respeitadas e influentes. Viviam no conforto de uma grande mansão e tinham tudo do bom e do melhor.
Antes de toda a humanidade se tornar bruxa, existiam os três grandes bruxos: Merlin, Cornélius e Uric. Juntos eles usaram o poder do Lótus de Gelo para transformar todos os seres humanos em bruxos.
"O homem da cicatriz viu o menino apontou a varinha na direção dele e um raio vermelho saiu da ponta de sua varinha na direção de David, que na mesma hora ouviu a voz de seu pai gritar - SCUTUM - e um escudo de plasma se materializou na frente de David."
No entanto, esse poder do Lótus de Gelo atraiu a atenção de várias pessoas, e se ele caisse em mãos erradas, poderia acabar causando uma grande tragédia. Sabendo disso, David e Ryan fogem de casa em busca do Lótus de Gelo sem se preocupar com os perigos e emboscadas que os esperam longe dos cuidados dos pais e fora dos portões da confortável mansão Morgan.


A história é muito boa. E não posso deixar de comentar que percebi algumas semelhanças com Harry Potter no decorrer dela, como nomes, entre outros.
A diagramação da Chiado Editora, como sempre, muito bacana. O livro pesa muito pouco o que facilita o leitor carregá-lo para todos os lados.
A escrita do autor é meio imatura. Encontrei alguns errinhos de ortografia e concordância. Nada que atrapalhasse minha leitura, mas tem. Acredito que por ele ser muito jovem e este sendo seu primeiro livro, está no caminho certo.
"Seus olhos estavam semicerrados e suas feições alteradas, ali se viam as preocupações, o medo, e a raiva contida."
"Assim ambos adentraram na floresta Farpa. Lugar sombrio, pouca luz entrava na floresta, as copas das árvores eram realmente altas, a pouca luz que entrava, vinha dos locais onde antes havia alguma árvore que caiu devido o tempo."
O final do livro foi bom, embora tenha deixado um vácuo e vários pontos para serem fechados, o que acredito que será feito nos próximos livros.
No todo, a história me agradou muito e recomendo a leitura. É bem leve e rápida de ser feita.
Não se esqueçam de deixar nos comentários o que acharam e compartilhar a resenha, caso tenham gostado.
Beijinhos 

Você pode gostar também

4 comentários

  1. Olá, Mari!
    Gostei bastante do enredo, apesar dos pequenos pontos negativos, me interessei.
    Vou anotar aqui.
    Beijos.

    http://www.leituradelua.com

    ResponderExcluir
  2. Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Muito bom!
    Dá uma olhadinha no meu blog também?
    www.sagaz leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Quero ler

Estou lendo