[Resenha] A Filha do Norte #1 | Luisa Soresini

14:38

Título: A Filha do Norte - Livro 1
Autora: Luisa Soresini *Cortesia
Gênero: Ficção
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 496
Sinopse:
"Tudo começa quando Michelle e Meredith saem para ver as flores. Uma tempestade faz com que a bruxa perca Michelle de vista. A menina, desnorteada, sai em busca de ajuda e avista uma mansão enorme e antiga. Pensando que não mora ninguém na casa, Michelle entra no local para se abrigar e é surpreendida ao ser recebida por uma governanta tão sinistra quanto a casa, que a deixa com medo. Seu instinto lhe diz que há algo de errado, mas essa sensação passa quando entra na casa e se depara com um ambiente completamente diferente daquela fachada macabra que vira. O interior da mansão é maravilhoso, bonito e sofisticado, assim como os seus donos: os irmãos Vergamini. O que Michelle não imagina é que às vezes é necessário ouvir nossos instintos. Ela está em perigo e talvez nem suas amigas, Elza e Meredith, as bruxas do Leste e do Sul, consigam salvá-la."

A autora, Luisa Soresini, me cedeu gentilmente um exemplar de seu livro A Filha do Norte, para leitura e resenha. Eu já esperava gostar do livro tendo lido apenas a sinopse, mas a história por trás dessa sinopse vai muito, muito além.


A Filha do Norte inicia uma série de livros e conta a história de Michelle, uma garota de 16 anos, muito misteriosa e cheia de qualidades. Michelle espalhava alegria por onde passava e acabou encantando Elza e Meredith, as bruxas do Leste e do Sul, que conheceram-na vagando pelas ruas e resolveram levar a jovem Michelle para viver com elas por um tempo.
Michelle desconhecia a natureza das duas, visto que elas escondiam isso de todos. Elza, aparentava ser uma senhora e Meredith, uma criança.
Em certa ocasião, Meredith levou Michelle para conhecer umas flores de espécie rara. Ela conhecia os riscos de ir até tal lugar, mas como a jovem estava sob sua responsabilidade, acreditou veemente que não aconteceria nada. Só que uma grande chuva acabou separando as duas, obrigando Michelle a procurar abrigo no meio da noite na casa de estranhos. O que ela não esperava era cair em uma grande cilada.
Michelle foi parar na mansão dos irmãos Vergamini. A primeira impressão que Michelle teve a respeito dos meninos foi que eram ricos, simpáticos, muito bonitos. Gentilmente ofereceram abrigo a ela, que um pouco desconfiada, acabou aceitando. Mas por trás de toda aquela bondade existiam grandes riscos para a vida da jovem moça.
"Agora o que eu devia fazer com ela? Pensei e me ocorreu uma coisa... - Isso vai começar a ficar interessante... - Ri."
A escrita da autora é muito boa e envolvente. Luisa tem uma imaginação sem tamanho, e demostrou isso principalmente na hora de construir os personagens, que possuem características completamente diferentes e apaixonantes.


O livro é dividido em várias partes, e em cada uma delas quem narrava era um dos personagens. Depois de ler alguns livros em minha vida escritos dessa maneira criei certa antipatia. Em alguns momentos, me sentia confusa e perdida com a maneira com que determinado livro foi escrito ou qual personagem estava narrando a história no momento. Mas com A Filha do Norte é diferente. A autora soube administrar muito bem essa troca de personagens durante a narrativa no decorrer de toda a história. Não me senti confusa em nenhum momento. E quando sequer pensei que poderia ficar, logo depois a história caminhava em direção ao narrador atual.
A maneira com que a autora o escreveu é bem diferente. Ele não possui capítulos, apenas é dividido em partes, como foi citado acima. O lado bom disso é que a história foi realmente muito boa e repleta de mistérios. Cada vez que uma parte era completada a vontade de ler a próxima era gigantesca. Já o lado ruim é que as vezes eu não podia ou não tinha tempo para continuar lendo para saber o que aconteceria a seguir, e me sentia angustiada por isso, rsrs.
Variando entre momentos de drama, romance e sobrenatural, o livro terminou de maneira impactante e arrebatadora. Teve seu desfecho no meio de um momento muito esperado por mim (e acredito eu que por todas as outras pessoas que já leram o livro). Fiquei um pouco angustiada por isso e por alguns pontos abertos durante a história não terem sido fechados no decorrer do livro, me deixando ansiosa ao extremo para ler o próximo volume da série.
"ESTOU COM MEDO. Com muito medo, não posso mentir. O jeito como Danton estava olhando para mim arrepiou-me até a raiz do cabelo."
"Ela apagou. Devia estar exausta. Havia sido um dia muito cansativo para ela, que, em várias ocasiões, quase morreu..."
"Michelle era corajosa, fazia de tudo para proteger o que acreditava. Tudo."

A leitura está mais que recomendada! Espero que tenham gostado da resenha. Não se esqueçam de comentar o que acharam, se já leram ou querem ler. Compartilhem o post com os amigos para ajudar na divulgação.
Até a próxima!
Beijos

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Bem interessante.
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Quero ler

Estou lendo